loading
22
maio

5 Vinhos Catarinenses Premiados Para Você Experimentar Neste Inverno

 

A produção de vinho no estado de Santa Catarina está em constante crescimento. Desde a fabricação caseira dos vinhos coloniais pelos imigrantes europeus até as atuais fermentações em nobres barris de carvalho de vinhedos, toda a produção é feita com muito cuidado garantindo conquistas em premiações nacionais e internacionais. Um dos principais motivos para o aumento na produção de excelentes vinhos por aqui é, sem dúvida, o terroir, ou seja, a combinação de um solo nutritivo, clima frio, geografia (regiões de alta altitude) e intervenção humana.

Com o friozinho chegando, a gente separou 5 vinhos catarinenses premiados para você experimentar neste inverno:

  • Vinícola Villa Francioni, São Joaquim – Vinho VF Chardonnay (branco): pode ser percebido pela mistura de aromas e sabores de cacau, cravo, maça, abacaxi e mel. É um branco volumoso e potente. Pode ser harmonizado com entradas leves, saladas, e carnes brancas como peixe e frango.

 

  • Vinícola Abreu Garcia, Campo Belo do Sul – Vinho Cabernet e Merlot (tinto): Tem lágrimas espessas, coloração vermelha púrpura e aroma frutado de amoras pretas com notas de rosas vermelhas. Fica um ano no barril de carvalho e por isso adquire também aromas de pimenta, alecrim, coco e baunilha. Sirva-o acompanhando carnes bovinas, suínas e ovinas.

 

  • Vinícola Suzin, São Joaquim – Vinho Suzin Merlot (tinto): é um vinho leve, com boa intensidade aromática e notas de frutas secas, amoras, ameixas, cassis e especiarias. Pode ser consumido jovem, porém irá melhorar com 4 ou 5 anos de garrafa. Harmoniza com carnes vermelhas e massas com molhos pouco condimentados.

 

  • Vinícola Pericó, São Joaquim – Vinho Basaltino Pinot Noir (tinto): tem notas intensas de ameixa, mirtilo, amora, cereja e café. É harmônico e muito elegante, pois permanece em barricas de carvalho francês, adquirindo delas uma discreta nota de baunilha. Harmoniza bem com cordeiro, peixes, aves, coelho e carnes levemente gordurosas.

 

  • Vinícula Villagio Grando, Água Doce – Vinho Le Chasseur Demi Sec Riesling (branco espumante): é um vinho doce, para sobremesas e frutas. É fácil de beber, pois não é completamente seco e foi pensado para aquele público que não gosta do brut. Tem notas de baunilha e exuberante aromas florais.

 

Gostou da nossa lista? Então, aproveite a estação fria do ano para enaltecer os produtos do nosso estado. Todos são muito bem avaliados e merecem nossa atenção. E, no final da garrafa, mande um recado aqui para sabermos o que você achou.

Por Jeferson Hirt.

Comentários ( 0 )

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Top